O Grupo de Atuação Especializada de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público de Pernambuco (Gaeco/MPPE) e a Polícia Militar de Pernambuco (PMPE), através do 1° Batalhão Integrado Especializado (1° BIEsp) estão cumprindo, desde o início da manhã desta quarta-feira (30), seis mandados de busca e apreensão nas cidades de Sanharó, Poção e Pesqueira, no Agreste do Estado.

Os alvos incluem a sede da Câmara de Vereadores de Sanharó e membros e servidores do Poder Legislativo acusados de realizar contratações fraudulentas por meio de dispensa de licitação. 

Segundo as investigações, o presidente da Câmara de Vereadores e um assessor direto fracionaram contratações abaixo do valor limite para a realização de licitação a fim de contratar três pessoas da mesma família para o serviço de alimentação do portal da transparência do Legislativo municipal.

A Justiça acolheu pedido do MPPE e decretou o afastamento do presidente da Câmara e do assessor de seus cargos. Eles também foram proibidos de adentrar as dependências do Legislativo.

Os responsáveis pela alimentação do portal da transparência prestavam o serviço através de microempresas individuais (MEIs), que não possuíam registro para esse tipo de atividade.

Apreensão – o Gaeco teve acesso à sede da Câmara de Vereadores com o apoio da Polícia Militar. Dentro do imóvel, a porta da sala ocupada pelo assessor parlamentar teve que ser arrombada, visto que somente ele possuía a chave e também foi alvo da operação.

FONTE: Portal Agreste violento


Enquanto os trabalhadores assalariados do município de São José do Belmonte, a título de exemplo, os técnicos de enfermagem, entre outros guerreiros que estão na linha de frente em virtude da pandemia da Covid-19, os quais não recebem insalubridade, recebendo, apenas, um mísero salário mínimo, e tentam, aos trancos e barrancos, sustentar suas famílias custeando despesas com aluguel, mantimentos, remédios, etc... um sofrimento e peleja que perduram, infelizmente, durante quase toda a vida, não vendo nenhum aumento no seu patrimônio. Por outro lado, o patrimônio do gestor municipal prospera muito bem, obrigado.

Para se ter uma ideia, na campanha anterior, em 2016, o gestor belmontense possuía um patrimônio de R$ 2.001.199,19, quando saiu vencedor das urnas. Este ano, quando tenta a reeleição, o gestor acumula a bagatela de R$ 12.392.605,42, conforme dados disponibilizados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

De acordo com o Blogueiro Magno Martins, entre os bens declarados, está um apartamento de R$ 700 mil em Boa Viagem, no Recife. Em um comparativo, sua fortuna aumentou mais de R$ 10 milhões em apenas quatro anos. O blogueiro ainda informou que, a quantia, pasmem, é bem maior do que a apresentada pelos prefeituráveis da capital pernambucana, Recife. O postulante do PSL, Carlos Andrade Lima, foi o que declarou ter maior patrimônio entre os que disputam a eleição majoritária recifense (R$ 4.929.766,49). Porém, com uma diferença: Carlos tenta vencer a eleição pela primeira vez, diferentemente do gestor belmontense, que conseguiu construir esse valor, estando como prefeito. (Confira aqui os bens do Prefeito de Belmonte).

Indubitavelmente, é de causar espanto e provocar a curiosidade de cada cidadão e trabalhador belmontense, saber que o gestor conseguiu aumentar seu patrimônio em quase 6 vezes, em apenas 4 anos, enquanto que, o trabalhador belmontense, da forma que é tratado e "valorizado" pelo gestor municipal, que quer manter-se no poder, jamais conseguirá juntar em 40 ou 50 anos de trabalho um patrimônio tão vultoso, principalmente nesse período de pandemia.

Contudo, em uma rápida matemática, levando em consideração o valor do salário que o gestor municipal recebe, que é de R$ 18.507,81, que ele prometeu, em 13 de outubro de 2016, que abriria mão, por não necessitar do mesmo, multiplicando isso por 45 meses (3 anos e 9 meses de governo), incluindo o salário do mês de março - que o gestor divulgou na mídia, em 30 de março de 2020, prometendo que estaria doando para aquisição de cestas básicas para a população, algo que nenhum belmontense teve conhecimento - obtém-se o valor de R$ 869.265,00.

Isso é cuidar de conta, e não de gente.

FONTE: Magno Martins

Veja matéria no Blog Sertão Eventos (clicando aqui) / No Blog do Nill Junior (clicando aqui) / No Blog do Edy (clicando aqui) / No Blog JCampos (clicando aqui) / No Portal Nayn Neto (Clicando aqui) 

A guerra jurídica nas eleições 2020 em Serra Talhada está esquentando. Em entrevista ao Programa do Farol, na TV FAROL no YOUTUBE no último sábado (25), o deputado federal Sebastião Oliveira revelou que seu jurídico já entrou com, pelo menos, seis processos contra a chapa da candidata Márcia Conrado, do PT. Segundo Sebastião, tudo está sendo conduzido pelo escritório do advogado Walber Agra, em Recife. Sebastião evitou detalhar os motivos de ter acionado a Justiça dizendo que prefere se concentrar no que é principal, a campanha e “as entregas que nós temos para fazer à população de Serra Talhada”.

“O jurídico estadual é com Walber Agra, e conversei com Walber Agra ontem [sexta, 25], nós falamos por telefone sobre vários assuntos, e o que ele me disse é que já entrou com 6 ações aí em Serra Talhada, mas eu não quis saber sobre a natureza das ações porque, eu acho, nem a candidata Socorro Brito e nem eu, deputado Sebastião Oliveira, pudemos querer saber de detalhes de tudo, porque vai esquecer do principal, que é o foco na campanha e as entregas que nós temos para fazer à população de Serra Talhada. O que eu sei é que ele me disse que já está em curso 6 ações contra a candidata Márcia Conrado, agora quais são as naturezas dessas ações eu não tenho detalhes”, disse.

FONTE: Farol de Notícias

Segundo os dados do portal do Sistema Nacional de Cultura (SNC), foram repassados R$ 24.396.933,65 aos municípios de Pernambuco

portal do Sistema Nacional de Cultura (SNC), ligado ao Ministério do Turismo/Secretaria Nacional da Economia Criativa e Diversidade Cultural, divulgou nessa segunda-feira (28) uma lista atualizada com os pagamentos realizados para os estados e municípios brasileiros executarem a Lei Aldir Blanc em seus territórios.

De acordo com o SNC, 40 cidades pernambucanas já receberam os recursos da Lei de Emergência Cultural, o que totaliza R$ 24.396.933,65 em recursos repassados diretamente do Governo Federal às contas das prefeituras. Confira abaixo a lista completa:

MUNICÍPIO

VALOR

DATA DE PAGAMENTO

ABREU E LIMA

R$ 705.877,48

18/SET

AFRÂNIO

R$ 166.103,35

28/SET

ÁGUA PRETA

R$ 281.938,64

18/SET

ALAGOINHA

R$ 128.562,31

10/SET

ARARIPINA

R$ 607.971,71

22/SET

ARCOVERDE

R$ 541.421,56

14/SET

BELÉM DE SAO FRANCISCO

R$ 172.320,00

16/SET

BETÂNIA

R$ 109.000,00

14/SET

CABO DE SANTO AGOSTINHO

R$ 1.450.927,74

22/SET

CALUMBI

R$ 59.828,50

18/SET

CANHOTINHO

R$ 204.612,88

18/SET

CARUARU

R$ 2.330.000,00

10/SET

CHÃ GRANDE

R$ 177.881,70

11/SET

CUPIRA

R$ 201.000,00

11/SET

FLORES

R$ 183.168,54

18/SET

GARANHUNS

R$ 960.097,69

18/SET

IPOJUCA

R$ 684.261,97

21/SET

ITAÍBA

R$ 213.435,90

18/SET

ITAPISSUMA

R$ 215.160,12

14/SET

JABOATÃO DOS GUARARAPES

R$ 4.278.472,72

18/SET

JAQUEIRA

R$ 102.548,39

18/SET

JATAÚBA

R$ 151.915,67

10/SET

LAGOA DOS GATOS

R$ 138.005,54

17/SET

LAJEDO

R$ 311.018,46

23/SET

LIMOEIRO

R$ 420.150,99

18/SET

MORENO

R$ 466.455,86

21/SET

OLINDA

R$ 2.509.000,00

15/SET

OURICURI

R$ 504.559,74

11/SET

PALMARES

R$ 469.116,41

11/SET

PAUDALHO

R$ 421.612,58

14/SET

PEDRA

R$ 183.128,57

18/SET

PESQUEIRA

R$ 492.775,86

21/SET

PETROLINA

R$ 2.262.000,00

22/SET

SALGUEIRO

R$ 446.870,65

25/SET

SÃO BENTO DO UNA

R$ 438.000,00

28/SET

SERRA TALHADA

R$ 619.002,13

15/SET

TABIRA

R$ 225.910,78

28/SET

TRIUNFO

R$ 132.090,67

14/SET

VERTENTES

R$ 172.360,78

10/SET

VICÊNCIA

R$ 258.367,76

22/SET

TOTAL: R$ 24.396.933,65

LEI ALDIR BLANC EM PE – A Lei 14.017/2020 foi regulamentada pelo Governo Federal pelo Decreto nº 10.464, de 18 de agosto de 2020, e tem o objetivo de auxiliar trabalhadores da cultura e da arte, além de espaços, empreendimentos, organizações, cooperativas, pontos de cultura e iniciativas do setor que tiveram as suas atividades interrompidas pela pandemia da Covid-19.

O texto definiu as ações emergenciais e o valor de R$ 3 bilhões para todo o País, abrangendo, conforme o art. 2º, três categorias: (Inciso I) auxílio financeiro a pessoa física – como o benefício da renda básica emergencial; (Inciso II) subsídio aos espaços e às organizações; e (Inciso III) editais, chamadas públicas e prêmios para propostas realizadas e transmitidas, preferencialmente, em meios digitais e on-line.

RECURSOS – Para viabilizar os repasses da Lei Aldir Blanc em Pernambuco, o MTur enviou R$ 74 milhões ao Governo do Estado (responsável por executar os incisos I e III) e outros R$ 69 milhões aos municípios (responsáveis pela execução dos incisos II e III), totalizando R$ 143 milhões. Os valores correspondentes às cidades serão repassados diretamente aos cofres das prefeituras.

Mais de 150 municípios já assinaram o termo de adesão de uso do Mapa Cultural de Pernambuco, gerenciado pela Secult-PE, para utilizar a plataforma para operacionalizar o cadastramento e a concessão dos benefícios previstos na Lei nº 14.017/202, referente aos incisos II e III do seu Artigo 2º, destinados às cidades.

FONTE: Blog do Roberto Santos

Em sua segunda visita como presidente a Pernambuco, Jair Bolsonaro (sem partido) irá, nesta quinta-feira (1º), a São José do Egito, no Sertão do Pajeú do Estado.

A agenda presidencial, divulgada pelo Palácio do Planalto, informa que ele participará da inauguração da segunda etapa do Sistema Adutor do Pajeú. A cerimônia está prevista para começar às 10h30.

De acordo com a Companhia Pernambucana de Sanamento (Compesa), serão beneficiados ao todo 290 mil moradores das cidades de Floresta, Carnaubeira da Penha, Serra Talhada, Calumbi, Flores, Carnaíba, Quixaba, Afogados da Ingazeira, Iguaracy, Ingazeira, Tuparetama, Tabira, São José do Egito, Itapetim e Santa Terezinha.

A obra da segunda etapa começou em março deste ano. É esperado que a oferta de água aumente em 78% para a região. Isso porque a vazão do sistema passará de 290 para 480 litros por segundo. A captação é realizada no Eixo Leste da Transposição do Rio São Francisco.

A obra, executada pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs), com investimento da ordem de R$ 250 milhões, é composta de 57 quilômetros de adutoras e duas estações de bombeamento de água.





Na última sexta-feira (25), o deputado federal, Fernando Rodolfo (PL-PE), se reuniu com professores e membros do Sinpebel (Sindicato dos profissionais em educação do município de São José do Belmonte), no Sertão do estado de Pernambuco. O encontro, que foi organizado pelos membros do Sindicato, cumpriu rigorosamente as normas e protocolos necessários, distribuindo kits de álcool em gel e máscaras, uso de medidor de temperatura e distanciamento entre os presentes. Após o encontro, todos (professores, membros do Sindicato e parlamentar) saíram bastante entusiasmados e confiantes na obtenção de êxito na luta contra o veto dos precatórios do Fundef. (Confira algumas fotos no final da página).

Todavia, o imbróglio envolvendo a causa da classe no município só está perdurando, graças à resistência, falta de boa vontade e de interesse do gestor municipal, em efetivar o rateio com quem, de fato, é dono de 60% dos recursos. Isso é fato e é do conhecimento de toda a população belmontense, bem como de todos os profissionais da rede municipal de educação e dos membros do Sindicato, estes, dignos dos nossos sinceros parabéns e reconhecimento. Verdadeiros guerreiros que, dia após dia, contribuem com o crescimento do município, juntamente com todos os professores belmontenses.

Guerreiro na luta da classe, o deputado federal Fernando Rodolfo (PL-PE), a exemplo do encontro em Belmonte, está fazendo uma cruzada pelo Nordeste promovendo o engajamento de professores num movimento que pede a derrubada do veto do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), no caso do rateio dos precatórios do Fundef.

Em apenas seis dias, Fernando Rodolfo já percorreu mais de 14 cidades nos estados de Pernambuco e do Piauí. Nos encontros, o deputado apresenta aos professores e líderes sindicais a campanha contra o veto e orienta como deve ser o engajamento na tentativa de convencer deputados e senadores.

Luta antiga de Rodolfo, o movimento nasceu após o presidente Jair Bolsonaro vetar parcialmente a lei 14.057/20, que regulariza o pagamento de precatórios do governo federal e garante o rateio de pelo menos 60% dos precatórios do Fundef com os profissionais do magistério.

“Eu estou nessa luta há muito tempo, por isso sei da importância dessa mobilização e decidi percorrer os estados do Nordeste em busca desse apoio. Se a mobilização ficasse restrita apenas ao meu estado, a chance desse veto cair seria mínima”, falou o deputado.

Ao lado do deputado Bacelar (PODE-BA), Fernando Rodolfo lançou um site com o posicionamento de todos os parlamentares do Congresso Nacional em relação ao veto: www.naoaovetodorateio.com.br. No site também está disponível um abaixo-assinado que já conta com mais de 50 mil assinaturas, onde professores de todo o Brasil e a sociedade de uma forma em geral têm manifestado seu apoio ao movimento.

O roteiro de Rodolfo segue ainda pelos estados do Maranhão, Ceará e Bahia, mas pode ser interrompido, caso o Congresso Nacional convoque uma sessão para apreciar o veto nesta quarta-feira. “Se isso acontecer, eu vou suspender o meu roteiro porque precisarei acompanhar os bastidores da sessão. O prazo legal do veto encerra no dia 14 de outubro, ou seja, se não for apreciado agora, ainda teremos mais 15 dias de luta, onde eu espero concluir meu roteiro pelos cinco estados nordestinos, porque enquanto houver tempo haverá luta”, concluiu Rodolfo.

Confira fotos da reunião em São José do Belmonte:














FONTE: Magno Martins


O candidato a prefeito de São José do Belmonte, pelo grupo de oposição, Zeca, manifestou, neste domingo (27), através de Nota nas redes sociais (Facebook e Instagram), pesar pelo falecimento do Sr José Mariano de Moura (Zé de Otávio).

"Recebi a triste notícia do falecimento do Senhor José Mariano de Moura ( Zé de Otávio). Quero prestar minha solidariedade ao gestor municipal, pelo falecimento do seu pai. Que Deus dê conforto para ele e seus familiares", disse Zeca.

COMUNICADO

Em respeito ao momento de dor, o grupo da oposição não fará nenhum movimento da sua agenda política durante dois dias, retomando, assim, as atividades normais na quarta-feira, dia 30/09.

Da AsCom - Zeca (Candidato a prefeito de São José do Belmonte)

Em conversa, no início da tarde dessa sexta-feira (25) , o ex-prefeito de São José do Belmonte, Zé Carlos, declarou apoio à pré-candidatura de Zeca. “Eu acompanho o trabalho de Zeca e vejo que para mudar nossa querida Belmonte se faz necessário ter alguém humilde e disposto a trabalhar pelo povo e não para amigos. É um parlamentar atuante, que tem serviços prestados. Sempre foi justo e coerente em suas ações”, disse Zé Carlos.

Zeca ficou muito satisfeito com a decisão de Zé Carlos. “O apoio do amigo Zé Carlos fortalece a eleição que estamos concorrendo e o nosso compromisso maior é que São José do Belmonte volte ao caminho do desenvolvimento. São José do Belmonte não aguenta mais quatro anos de tanto mal, de uma administração que mais pensou nos interesses pessoais e dos amigos do que nos do povo de nossa terra”, foi enfático o pré-candidato.

"Recebo com muito entusiasmo e muita satisfação o apoio do ex-prefeito Zé Carlos e de sua Esposa Cristina, o que mostra que nossa pré-candidatura está crescendo, que estamos construindo uma frente ampla para derrotar não uma pessoa, mas um projeto político pessoal, excludente, que defende interesses que não são os da população belmontense. São quatro anos de obras de fachada e muito desperdício do dinheiro público”, concluiu Zeca.

O Aeroporto Santa Magalhães, em Serra Talhada, um dos maiores sonhos da população e do empresariado da região, já tem data para funcionamento. Será em novembro, com dois voos, às 10h35 e 17h35, de segunda a sexta-feira.

O fato foi confirmado pelo deputado federal, Sebastião Oliveira, que esteve com o governador Paulo Câmara, em reunião sobre o assunto, nessa quinta-feira (25), em Recife.

O anúncio acontecerá na primeira semana de outubro, pelo governador Paulo Câmara. Ainda não está confirmada a data do início de venda das passagens.

Eu tive uma reunião ontem (quinta-feira) com o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, às 17 horas, para tratar do voo da Azul para Serra Talhada. Primeiro tratei, obviamente, sobre algumas coisas para Serra Talhada e o voo. A partir do dia 3 de novembro terá voos. Eu estava sabendo, há quinze dias atrás, que os voos terão início em novembro,  quando a equipe técnica da Azul e a secretária Fernanda Batista (Infraestrutura) fizeram uma visita técnica ao local.Mas repeitando a liturgia, e ao governador Paulo Câmara, ele me pediu que formalizasse um encontro com a Azul  para anunciarmos em conjunto, eu e ele”, explicou Sebastião Oliveira, em conversa com o Farol.

FONTE: Farol de noticias

Adicionar legenda

Na manhã desta segunda-feira (21), o deputado federal, Fernando Rodolfo, anunciou, no Plenário da Câmara dos deputados, o lançamento oficial do movimento pela derrubada do veto dos precatórios do FUNDEF.

Veja o discurso do parlamentar. Abaixo do vídeo, entre no site, assine o manifesto e compartilhe o link com amigos e familiares. Quanto mais assinaturas, mais força.



Clique no link: www.naoaovetodorateio.com.br/#abaixoassinado 


#SeTemVetoNãoTemVoto


O governo de Pernambuco decidiu, na tarde desta segunda-feira (21), o retorno das aulas presenciais em escolas da educação básica do estado para o dia 6 de outubro tanto para unidades da rede pública quanto para as particulares em todas as regiões do estado.

Ainda não há datas para a retomada do ensino fundamental e da educação infantil. A volta será opcional e caberá aos pais ou a estudantes com 18 anos ou mais decidir sobre frequentar ou não as atividades presenciais. O modelo remoto de ensino deve continuar sendo oferecido.

Por causa dos vestibulares e Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o retorno começa com os estudantes do último ano da educação básica. Em seguida, a partir de 13 de outubro, estão autorizadas as aulas para o segundo ano do ensino médio.

No dia 20 de outubro, o plano avança para os estudantes do primeiro ano de ensino médio. Serão permitidas as atividades presenciais tanto nas escolas regulares como nas integrais e técnicas.

O secretário estadual de Educação, Fred Amancio, afirmou que a pasta realizou uma “ampla análise do contexto para avaliar riscos e benefícios da abertura das escolas, bem como a experiência e resultados obtidos em mais de 15 países que já retomaram as aulas durante a pandemia”. Segundo o secretário, o retorno deve ser feito por escolas que atendam aos critérios de retomada estabelecidos pelo protocolo do governo, como distanciamento de pelo menos 1,5 metro em sala de aula e instalação de pias para higienização constante das mãos no ambiente escolar.

De acordo com o secretário estadual de Saúde, a volta às aulas será feita de maneira planejada, gradual e segura. “Os novos protocolos incorporam ao dia a dia escolar o uso de máscara, o distanciamento social e o reforço da higiene pessoal e de ambientes, além do monitoramento e da garantia de prioridade da comunidade escolar para testagem”, afirmou. Um centro de testagem para profissionais da educação vai funcionar para exames da Covid-19 mediante agendamento na sede da Secretaria Estadual de Educação, no bairro da Várzea, Zona Oeste do Recife.

Estudantes, professores e trabalhadores da educação com fatores de risco não devem retornar ao modelo presencial, segundo o secretário de Saúde.

“Iremos testar todos aqueles que apresentarem sintomas da Covid-19 bem como seus contactantes próximos e pessoas do convívio familiar”, disse André Longo. “São muitos os casos de sucesso e os países que conseguiram voltar às aulas sem novos surtos. Aqueles que assim conseguiram observaram uma sustentação do achatamento da curva epidemiológica, como é o nosso caso. Desde julho estamos em queda sustentada dos números”, completou.

Estudos recentes realizados na Inglaterra, Austrália e Espanha, que sugerem que as crianças têm papel limitado na transmissão do novo coronavírus, foram citados pelo secretário de Saúde para justificar o retorno. “Esperar a pandemia passar seria negar a realidade da necessidade de conviver com a doença. Também iria contra as evidências positivas mundo afora. Precisamos ainda levar em consideração que, com a retomada das atividades, muitas crianças e adolescentes já passaram a sair de casa e a circular por outros ambientes, como shoppings, parques e praias”, ressaltou Longo.

Preparação


Materiais de orientação, como cartazes e banners para redes sociais, será distribuídos em todas as 1.060 escolas da rede pública estadual.

“Salas do ensino médio, que, geralmente, tem de 40 a 45 estudantes, terão cerca de 20 estudantes. Totens para higienização das mãos serão instalados nas entradas das escolas. Também estamos instalando mais pias nas escolas. Além disso, entregamos termômetros e mais de 30 mil face shields (proteção facial feita de acrílico). Máscaras serão entregues aos estudantes e profissionais para serem usadas no dia a dia das escolas”, esclareceu Fred Amancio.

Em relação às escolas municipais, o secretário de Educação afirmou que as prefeituras serão consultadas para a construção do plano para retorno do ensino fundamental e educação infantil. Neste primeiro momento, como a retomada é apenas do ensino médio, não envolve a rede municipal de ensino de Pernambuco.

“Quando estivermos discutindo a volta do ensino fundamental e da educação infantil, teremos contato constante com as prefeituras”, disse.

FONTE: Portal de Prefeitura


Foi homologada, nessa quarta-feira (16), a candidatura da chapa Zeca e Vera, prefeito e vice, respectivamente, ambos do partido Avante, em São José do Belmonte. Na ocasião, também foi firmada a coligação “BELMONTE PODE MAIS!” que reúne o maior grupo de partidos, AVANTE, PL, PP E REPUBLICANOS. O evento, que foi de forma remota, contou com a participação de candidatos ao cargo de vereador e dos presidentes dos partidos que compõem a aliança que apoia o projeto de mudança do rumo do município de São José do Belmonte: Rogério Leão, presidente do Partido Liberal (PL); Luciene Leão, presidente do AVANTE; Dr Luiz Gonzaga, presidente do Partido Progressista (PP) e Ronaldo, presidente do Republicanos.


Em seu discurso inicial, Zeca falou sobre sua origem, sua trajetória política e a ciência da responsabilidade do cargo que almeja. "Meus amigos e minhas amigas belmontenses, estou ciente da minha luta, e quero, a partir de hoje, colocar meu nome como pré-candidato a prefeito da nossa querida terra. Terra pela qual sinto muito orgulho. Quero, junto com a minha amiga e futura vice-prefeita, Vera, a partir de 2021, junto, também, com todos os belmontenses, com os mais humildes, com os cidadãos e cidadãs, empresários, policiais militares, funcionários públicos, agricultores, enfim, com toda a classe e segmentos da nossa sociedade, fazer uma nova política na nossa cidade. Não aquela política prometida pela gestão atual, há 4 anos atrás, e não cumprida. Diga-se de passagem, um governo que tem praticado o que existe de mais ruim da velha política", destacou.

Zeca, que está há 21 anos na vida pública, filho de agricultores, pessoas simples que ainda residem na zona rural. Ele, que é ex-secretário do município, foi eleito vereador ao 27 anos de idade e está exercendo o terceiro mandato consecutivo, falou sobre o orgulho de fazer parte do grupo dos deputados Rogério Leão e Sebastião Oliveira. "Quero dizer que muito me orgulho de fazer parte do grupo dos deputados Rogério Leão e Sebastião Oliveira, pois foram os parlamentares que alavancaram o progresso na nossa terra. Foram eles que trouxeram adutoras para os nossos Distritos do Carmo e do Jatobá; o asfalto para o nosso Distrito do Carmo; a Escola Técnica, um marco na educação da nossa cidade; o INSS, que hoje está fechado devido a incompetência da gestão atual; calçamento e saneamento de dezenas de ruas na Vila Delmiro, nos demais bairros, no Centro e nos Distritos", elencou, garantindo:

"Eu quero dar continuidade a esse trabalho que, infelizmente, ficou estagnado no atual governo, que prometeu asfaltar mais de 60 ruas do centro da cidade e a não chegou a 50% de conclusão. Quero me comprometer com uma educação de qualidade e com responsabilidade, e dizer a todos os professores que, diferentemente do gestor atual, que prometeu e agora não quer ratear os recursos dos precatórios do Fundef, a partir de 2021, eu irei pagar a todos aqueles que tem direito", garantiu.

Em relação às promessas, sabedor de que o povo está saturado de político que promete e não cumpre, a exemplo do gestor atual, Zeca foi enfático. "Meus amigos e amigas, não quero fazer promessa para não cumprir, quero ser o representante do povo mais humilde. Quero resgatar um programa tão importante para a classe mais carente da nossa população, que é o sopão. Não somente para o Bairro Vila Delmiro, mas também para os outros bairros e distritos mais carentes do nosso município. Quero me comprometer com todos os concursados que ainda não foram chamados, garantindo que, a partir de janeiro de 2021, todos serão chamados, pois já foram humilhados e enganados demais pelo atual gestor, o qual prometeu que os convocaria, mas que está agindo de forma contrária. Aliás, nenhuma das promessas feitas por ele, antes de ser prefeito, foi cumprida, e ele deveria ser penalizado por tudo isso", foi enfático o candidato.

Finalizando seu discurso, após o deputado Rogério Leão se comprometer em ajudar ainda mais o município, a partir de janeiro de 2021, após a vitória do seu grupo político, Zeca cravou: "Vera e eu, nos comprometemos em bater nas portas dos gabinetes dos deputados Rogério Leão e Sebastião Oliveira, além do gabinete do governador, em busca de projetos e recursos que venham a beneficiar o povo da nossa querida terra, povo sofrido que almeja dias melhores, mas que, infelizmente, desde 2017, só tem desilusão e sofrimento com o atual governo que quer mostrar a todos, uma realidade que não existe", finalizou.